ambiente 2023 1

Das Keramik: Uma Carta de Amor da Feira Ambiente à Cerâmica

Em 2020 voltámos de Frankfurt sem imaginar o que se avizinhava nos próximos tempos. Nem nos nossos mais recônditos pensamentos poderíamos pensar que só retornaríamos lá 3 anos depois.

Mas assim aconteceu. Uma pandemia assolou o mundo, colocando todas as nossas vidas em suspenso e acabando com o contacto humano muito caraterístico dessas feiras e do qual nós tanto gostamos…

3 anos mais tarde…

3 de fevereiro de 2023, sentimos o frio a rachar os ossos e o caos organizado dos transportes germânicos muito próprio desta época, ouvimos a espaços dialetos desconhecidos misturados com outros que nem tanto. O sentimento saudosista mistura-se com o nervoso miudinho, pois tinha passado tanto tempo que eram inúmeras as incógnitas à volta desta feira. Será que o digital se havia sobreposto às tradicionais feiras físicas? Como seria a adesão dos visitantes depois da pandemia? Será que a restruturação da feira iria impactar o outrora seu bom funcionamento? Enfim, o importante é que estávamos de volta a Frankfurt e à feira Ambiente.

Ao longo de todo o caminho desde o hotel até à feira, passando pelos transportes públicos, dava para entender que o sentimento generalizado era bastante positivo. Havia muita expectativa, o que é normal dado todo o tempo de interregno desde a última feira. Os comboios iam lotados e o amontoado de gente que se juntava nos corredores dos pavilhões faziam antever uma grande adesão por parte de visitantes de todos os cantos do mundo. E assim foi, tanto que ao terceiro dia já havia sido batido o número de visitantes da última edição. Foram ao todo 154,000 visitantes que durante os 5 dias que durou a Ambiente deambularam pelos enormíssimos pavilhões da Messe Frankfurt em busca das melhores oportunidades de negócio. Para além disso, notámos que a feira teve uma forte presença intercontinental, o que só veio reforçar a importância de participar em eventos deste tipo.

Enquanto expositores habituais nesta feira, a S. Bernardo apresentou-se nesta edição com algumas novidades na manga. Já divulgada em variadíssimos canais de comunicação internos e externos, a nossa Coleção Mosteiro foi, de facto, a estrela da companhia. As suas linhas dinâmicas e curvas elegantes despertavam o interesse de inúmeros visitantes, que se aproximavam para obter uma explicação mais detalhada sobre a sua conceção e aproveitavam para ver o vídeo explicativo que passava em loop no nosso stand. O projeto que transforma em cerâmica a voz de Sónia Tavares foi sem dúvida um grande sucesso, mas não podemos descurar as restantes coleções que, através das suas cores vibrantes, designs arrojados e acabamentos premium, fizeram as delícias dos visitantes que, ao longo de todos os dias de feira, passavam no nosso stand e, naturalmente, paravam ora para tirar algumas fotografias, ora para pedir mais informações acerca dos produtos.

Finalizando, foram 5 dias de muito networking, estivemos com alguns clientes com quem já não estávamos presencialmente há muito tempo, reencontrámos caras bem conhecidas da nossa empresa, fizemos novos contactos, reativámos alguns antigos, discutimos projetos em andamento e começámos alguns novos. No fundo foi uma feira bastante positiva, em que nos sentimos orgulhosos pelo produto inovador que apresentámos e finalizámos a feira com um sentimento de dever cumprido.

Para o ano há mais!